Regresso à estrada após dia de descanso

Boa tarde. Dentro de um quarto de hora irá para a estrada a sexta etapa da 80.ª Volta a Portugal em Bicicleta Santander. Depois do dia de descanso, o pelotão irá cumprir uma viagem de 165,4 quilómetros entre Sernancelhe e Boticas.

Alarcón vai para o dia de descanso de amarelo

Raul Alarcón (W52-FC Porto) terminou a etapa integrado no pelotão e mantém a camisola amarela. Vai para o dia descanso como líder da corrida.

Stacchiotti repete em Viseu a vitória de Albufeira

O italiano Riccardo Stacchiotti (Mstina Focus) ganha ao sprint em Viseu, repetindo o triunfo de Albufeira.

Aviludo e W52-FC Porto passam pela cabeça do pelotão

180,5 km - A Aviludo-Louletano e o W52-FC Porto passam pela cabeça do pelotão, para anular todas as tentativas de fuga.

Pelotão compacto

Km 177 - Wilmar Perz (37, Team Sapura) ataca, junta-se a Nuno Almeida, mas o pelotão reage e absorve os dois, enquanto o duo da frente também fica à vista do grande grupo.

 

Nuno Almeida ao ataque

Km 172 - Duo começa a perder gás, enquanto Nuno Almeida (LA-Alumínios) ataca na cabeça do pelotão. 

Três em três de Irisarri nas metas volantes

Km 170,7 - Meta volante de Sátão
1.º 66 - Jon Irisarri (Caja Rural)
2.º 111 - Pierpaolo Ficara (Amore & Vita)
3.º 187 - Laurin Winter (Team Differdange Losh).

Irisarri conquista as três metas volantes da jornada, mas as opções do duo para a vitória em Viseu são reduzidas. Na meta voante, o pelotão passa a 50 segundos.

Efapel controla fuga à distância

A 35 km da chegada a Viseu, a vantagem do duo cifra-se nos 1.23 minutos. Na cabeça do pelotão, mantém-se a Efapel, apostada numa chegada ao sprint, para tentar vencer com um dos ciclistas rápidos da equipa: Daniel Mestre e Rafael Silva.

Quarta hora cumprida

Km 150,5 - Atingida a quarta hora da etapa. A média é de 37,6 km/hora. Nesta fase, os dois da frente pedalam com 1.20 minutos de vantagem.

Irisarri fatura nova meta volante

Km 148,3 - Meta volante de Aguiar da Beira
1.º 66 - Jon Irisarri (Caja Rural)
2.º 111 - Pierpaolo Ficara (Amore & Vita)

3.º 127 - Jesus del Pino (Efapel)

O pelotão passa na meta volante com um atraso de 1.20 minutos.

Duo mantém diferenças relativas

Km 143 - O duo segue com uma vantagem estável na ordem dos 1.50 minutos. No pelotão, é a Efapel quem comanda, numa fase em que a equipa W52-FC Porto procura reunir forças em torno de Rui Vinhas, que ficou afetado devido a queda.

Irisarri ganha meta volante em Trancoso

Km 121,5 - Meta volante em Trancoso:

1.º 66 - Jon Irisarri (Caja Rural)

2.º 111 - Pierpaolo Ficara (Amore & Vita)

3.º 127 - Jesus del Pino (Efapel).

O pelotão passa a 1.53 m.

Ritmo baixa na terceira hora

Km 115,8 - O ritmo da corrida baixou na terceira hora e a média é de 38,6 km/hora. 

Samitier perde contacto com os outros dois

Km 114 - Após a contagem de montanha, Sergio Samitier (Euskadi) fica para trás e é alcançado pelo pelotão, comandado pelos corredores da Efapel. Na frente ficam apenas Ficara e Irisarri, que têm 1.45 minutos de vantagem.

Ficara ganha contagem de montanha

Km 111,5 - Contagem de montanha da Broca (3.ª categoria):

1.º 111 - Pierpaolo Ficara (Amore & Vita)

2.º  66 - Jon Irisarri (Caja Rural)

3.º  44 - Sergio Samitier (Euskadi-Murias)

4.º 65 - António Canet (Caja Rural).

Entretanto, é comunicado o abandono da prova de dois corredores da Amore & Vita: Kristian Yustre (112) e Nika Iltjan (115).

Três minutos no início da subida

Km 108 - No início da escalada para o prémio de montanha de Broca, os fugitivos dispõem de uma vantagem de 3.00 minutos.

Já percorridos 100 quilómetros

Km 100 - A Efapel ocupa a cabeça do pelotão e a diferença reduz-se ligeiramente: 2.50 m.

Três da frente consolidam posição

Km 94,5 - Recordamos os três da frente, quando já levam 3.19 minutos de vantagem:

44 - Sergio Samitier (Euskadi-Murias)

66 - Jon Irisarri (Caja Rural)

111 - Pierpaolo Ficara (Amore & Vita).

Diferença a crescer

Km 92,5 - A diferença entre os três novo aventureiros e o pelotão sobe para 2.34 minutos.

Vantagem aumenta

Km 89,5 - Três da frente com 1.35 minutos de vantagem.

Segunda hora em bom ritmo

Km 85 - Cumprida a segunda hora da etapa. A média é 42,5 km/hora. O trio leva 1.05 minutos de vantagem.

Dois passam a três

Km 83 - Ficara junta-se aos dois, fomando agora um trio na frente, que já leva 1.05 minuos de avanço sobre o pelotão.

Duo com 40 segundos de vantagem

km 80 - O duo segue com 40 segundos de vantagem sobre o eplotão, de onde salta o corredor 111 - Pierpaolo Ficara (Amore & Vita).

Dois ao ataque

Km 79,5 - Pelotão sem descanso. Dois corredores tentam nova aventura:

44 - Sergio Samitier (Euskadi-Murias)

66 - Jon Irisarri (Caja Rural).

Pedaladas rápidas antes do dia de descanso

Km 75 - Pelotão com pressa de entrar no merecido dia de descanso continua a pedalar em alta velocidade.

Fuga anuada e escaramuças no pelotão

Km 70 - Após a fuga anulada sucedem-se as escaramuças na cabeça do pelotão.

Prémio de Montanha - Aldeia Nova

Ordem de passagem na contagem de montanha de Aldeia Nova (3.ª categoria, Km 64):

1.º 33 - Akmal Zakaria (Team Sapura Cycling)

2.º 114 - Viesturs Luksevics (Amore&Vita - Prodir)

3.º 14 - Ludovic Robeet (WB Aqua Protect - Veranclassic)

4.º 65 - Antonio Molina (Caja Rural - Seguros RGA)

 

Entretanto, na subida, os três fugitivos são alcançados. Pelotão compacto.

Diferença a baixar

Km 56,5 - A diferença começa a baixar: 3.41 m.

Aviludo e Efapel na cabeça do pelotão

Km 54 - As equipas da Aviludo-Louletano e Efapel substituem a W52-FC Porto na cabeça do pelotão, numa fase em que o trio dispõe de 4.10 minutos de vantagem.

Aviludo e Efapel na cabeça do pelotão

Km 54 - As equipas da Aviludo-Louletano e Efapel substituem a W52-FC Porto na cabeça do pelotão, numa fase em que o trio dispõe de 4.10 minutos de vantagem.

Fuga consolidada acima dos 4 minutos

Km 52 - Fugitivos já com vantagem de 4.11 minutos.

Trio de roladores entende-se bem

Km 50 - Um belga (Robeet), um australiano (Ewart) e um letão (Luksevics) entendem-se bem na frente e mostram ser bons roladores. Já levam 2.40 minutos de vantagem para  pelotão. 

Vantagem dos três a aumentar

Km 47,5 - A vatagem do trio vai crescendo: 2.05 minutos.

Alta velocidade na primeira hora

Km 46.2 - Cumprida a primeira hora da etapa, quando a caravana passa em boa velocidade por Vilar Formoso. O trio rola com uma vantagem de 1.20 minutos. 

Trio tenta a sorte

Km 38 - Três corredores tentam a sorte:

14 - Ludovic Robeet (Aqua Protect)

33 - Jesse Ewart ((Team Sapura)

114 - Viesturs Luksevics (Amore & Vita).

Camisola amarela mostra ser o patrão do pelotão

Km 23 - Há várias tentativas de fuga, mas o próprio camisola amarela, Raul Alarcón, encarrega-se de anular essas iniciativas.

Outro abandono

Km 22 - Outro abandno anunciado, o de Anton Tunset (73, Team Coop).

Oito corredores alcançados

Km 17 - O pelotão alcança os aventureiros, enquanto é anunciada a desistência de Ivan Centrone (82, Team Differdange).

Oito na frente

Km 12 - Aos dois primeiros aventureiros juntam-se mais seis corredores:

26 - Guy NiBoa (Israel Cycling Academy)
46 - Benat Toxoperena (Euskadi-Murias)
51 - Bayron de La Cruz (Team Ecuador)
71 - Hakon Aalrust (Team Coop)
142 - Daniel Silva (Radio Popular-Boavista)
151 - Emil Dima (Mstina-Focus).

Dois corredores tentam fugir

Km 9 - Iníio calmo da tirada, mas com dois ciclistas a tentarem fugir: 62 - Josu Zabala (Caja Rural) e 175 - Venceslau Fernandes (Liberty-Carglass).

Pelotão acelera na partida real da quinta etapa

Km 0 - Acaba de ser dada a partida real da viagem Sabugal-Viseu (191,7 km).

121 ciclistas a caminho de Viseu

Alinharam à partida da tirada 121 corredores.

Ciclistas em movimento

Acaba de ser dada a partida simbólica da quinta etapa da Volta.

Portadores das principais camisolas

Para além de Raul Alarcón, possuidos da camisola amarela Santander, os outros portadores das principais camisolas são Vicente de Mateos (camisola verde Rubis, pontos), Mario Vogt (camisola azul Liberty Seguros, montanha) e Xuban Errazkin (camisola branca RTP, Juventude). Recorde-se que o líder da montanha é Raul Alarcón, mas Mario Vogt leva o respetivo jersey.

Joni Brandão é segundo, a 52 s

O segund da classificação gerl é Joni Brandão (Sporting-Tavira), a 52 segundos de Alarcón.

Resumo da 4ª Etapa

Raul Alarcón enverga camisola amarela

O espanhol Raul Alarcón (W52-FC Porto), vencedor das terceira e quarta tapas, resetivamente em Oliveira d Hospital e nas Penhas da Saúde, enverga a camisola amarela de líder àpartida do Sabugal.

Duas contagens de montanha e três metas volantes

A etapa oferece duas contagens de montanha e três metas volantes. Assim, teremos subidas pontuáveis em Aldeia Nova (km 64, 3.ª categoria) e em Braca (km 111,5, 3.ª categoria) e metas volants em Trancoso (km 121,5), Aguiar da Beira (km 148,3) e Sátão (km 170,7). 

Longa etapa com calor

Boa tarde. Dentro de 15 minutos começará a quinta etapa da 80.ª Volta a Portugal em Bicicleta, que ligará Sabugal a Vise, na distância de 191,7 quilómetros. Será mais uma longa viagem, mais uma vez marcada pelo calor, com os termómetros a rondar os 30 graus.