5:08:53

Vitória de Sanz e Alarcón mantém amarela

Meta final - Enrique Sanz (Euskadi-Murias) ganha sétima etapa e Raul Alarcón (W52-FC Porto) mantém-se de amarelo.

4:57:12

Fuga anulada no início da subida final

No início da derradeira escalada a fuga é anulada.

4:51:20

Fugitivos à vista do pelotão

Km 160 - A 5 km da chegada, os fugitivos já estão à vista do pelotão: 20 segundos. Entretanto, João Matias ataca na frente

4:45:06

A 10 km da meta a vantagem é de um minuto

A 10 km da meta, o pelotão, comandado pelas equipas Euskadi-Murias e Israel Cycling Academy, aproxima-se do quarteto, que já só dispõe de um minuto de vantagem.

4:39:54

1.30 minutos a 15 km da meta

A 15 km da meta final, os quatro rodam com uma vantagem de 1.30 minutos sobre o pelotão.

4:37:28

Vantagem abaixo dos dois minutos

Km 146,5 - A vantagem do quarteto diminui para 1.50 minutos.

4:27:10

Bruno Silva ganha última meta volante

Km 143,8 - Meta volante em Barroselas:

1.º 126 - Bruno Silva (Efapel)

2.º 143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista).

3.º 67 - Danilo Celano (Caja Rural).

Pelotão passa a 2.20 minutos.

 

4:17:15

Terceira hora e furo de Celano

Km 136 - Atingida a terceira hora da etapa. A média é de 45,3 km/hora. Na frente, Celano sofre um furo, atrasa-se mas recupera a posição no grupo.

4:09:12

Portistas na cabeça do pelotão e vantagem a aumentar

Km 127,5 - O quarteto entende-se bem e sincroniza as pedaladas e aumenta para 2.10 minutos. No pelotão é a equipa W52-FC Porto quem controla.

3:58:02

50 segundos de vantagem

Km 120 - Vantagem dos quatro é de 50 segundos. 

3:53:34

Animação mantém-se e quarteto tenta fugir

Km 117 - A etapa mantém-se muito viva e agora temos quatro corredores ao ataque:

67 - Danilo Celano (Caja Rural)

126 - Bruno Silva (Efapel)

135 - João Matias (Vito-Feirense)

143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista).

 

3:49:09

Luís Gomes passa na frente na meta volante de Vila Verde

Km 113,8 - Meta volante em Vila Verde:

1.º 144 - Luís Gomes

2.º 93 - Álvaro Trueba (Sporting-Tavira)

3.º 92 - Alejndro Marque (Sporting-Tavira).

O grupo é alcançado pelo pelotão logo após a meta volante.

3:31:16

W52-FC Porto em minoria no grupo da frente

Km 100 - Grupo de 23 na frente comandado pelos sportinguistas e o W52-Fc Porto apenas tem Raul Alarcón e Ricardo Mestre. São os seguintes:

1 - Raul Alarcón (W52-FC Porto)
2 - Ricardo Mestre (W52-FC Porto)
65 - António Canet (Caja Rural)
91 - Joni Brandão (Sporting-Tavira)
92 - Alejandro Marque (Sporting-Tavira)
93 - Álvaro Trueba (Sporting-Tavira)
95 - Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira)
101 - Vicente De Mateos (Aviludo-Louletano)
102 - Luís Mendonça (Aviludo-Louletano)
104 - Luís Fernandes (Aviludo-Louletano)
106 - Márcio Barbosa (Aviludo-Louletano)
121 - Sérgio Paulinho (Efapel)
122 - Daniel Mestre (Efapel)
124 - Henrique Casimiro (Efapel)
126 - Bruno Silva (Efapel)
131 - Edgar Pinto (Vito-Feirense)
135 - João Matias (Vito-Feirense)
137 - Xuban Errazkin (Vito-Feirense)
141 - Domingos Gonçalves (Radio Popular-Boavista)
142 - Daniel Silva (Radio Popular-Boavista)
143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista)
144 - Luís Gomes (Radio Popular-Boavista)
147 - João Benta (Radio Popular-Boavista).

3:22:26

Média de 47,6 km/hora na segunda hora

Km 95,3 - Etapa mantém-se rápida, com uma média de 47,6 km/hora. Entretanto, opelotão pate-se na descida para Terras do Bouro e na frente ficam 25 corredores, entre eles as principais figuras da corrida.

3:06:34

Joni Brandão passa a liderar a montanha

Km 86,5 - Contagem de montanha do Alto de Covide (3.ª categoria):

1.º 143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista)

2.º 126 - Bruno Silva (Efapel)

3.º 91 - Joni Brandão (Sporting-Tavira)

4.º 147 - João Benta (Radio Popular-Boavista).

Com o terceiro lugar na contagem, Joni Brandão passa a liderar o prémio da montanha.

 

 

 

3:01:36

Pelotão aproxima-se dos seis

Km 81 - Pelotão reage e já vislumbra os seis fugitivos, quando a caravana passa por São Bento da Porta Aberta, início da subida para o Alto de Covide.

2:50:27

Sexteto ao taque com Filipe Cardoso em destaque

Km 75 - Após a meta volante e por iniciativa de Filipe Cardoso forma-se um sexteto, que rola com uma vantagem na ordem do meio minuto sobre o pelotão. São eles:

46 - Benat Toxoperena (Euskadi-Murias)
66 - Jon Irisarri Rincon (Caja Rural-Seguros RGA)
106 - Márcio Barbosa (Aviludo-Louletano-Uli)
107 - Rui Rodrigues (Aviludo-Louletano-Uli)
132 - Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack)
146 - Filipe Cardoso (Radio Popular-Boavista).

2:10:42

Primeira hora supersónica!

Km 50 - Cumprida a primeira hora de prova. O tempo ameno e a estrada plana proporcionam um recorde de velocidade. Entretanto, é anunciada a desistência de Samuel Blanco (177, Liberty Seguros-Carglass). 

2:03:42

Pelotão compacto ao km 35

Já percorridos 35 quilómetros da etapa e o pelotão segue compacto. 

1:56:01

Xuban com apoio especial

Km 27 - Xuban Errazkin (Vito-Feirense-Blackjack), o camisola branca (líder da juventude) recebe o apoio de compatriotas bascos na berma da estrada, enquanto ataca o 106 - Márcio Barbosa (Aviludo-Louletano), mas sem grande eficácia, pois a Efapel move forte perseguição.

1:56:01

Xuban com apoio especial

Km 30 - Xuban Errazkin (Vito-Feirense-Blackjack), o camisola branca (líder da juventude) recebe o apoio de compatriotas bascos na berma da estrada, enquanto ataca o 106 - Márcio Barbosa (Aviludo-Louletano), mas sem grande eficácia, pois a Efapel move forte perseguição.

1:39:10

Pelotão compacto na Barragem do Alto Rabagão

Km 24 - Na Barragem do Alto Rabagão, o pelotão segue compacto e a admirar a magnífica paisagem.

1:30:34

Pelotão agrupado

Km 10 - O pelotão segue compacto e em bom ritmo.

1:30:34

Pelotão agrupado

Km 13 - O pelotão segue compacto e em bom ritmo, comandado pelos corredores da Efapel, apesar de algumas tentativas. 

1:23:49

João Matias logo ao ataque

Km 2 - Empenhado em chegar isolado à sua terra, o vianense João Matias (Vito-Feirense) lança um forte ataque e isola-se na corrida, mas o pelotão não o deixa ir muito longe e alcança-o pouco depois.

1:22:17

Temperatura amena para a viagem

Depois do forte calor da primeira semana, a sétima etapa apresenta uma temperatura amena. À partida de Montalegre estão 18 graus e na chegada esperam-se 22 graus.

1:14:02

Partida real já foi dada

Km 0 - Partida real da sétima etapa (Montalegre-Santuário de Santa Luzia, Viana do Castelo) acaba de ser dada.

1:13:01

Corredores despedem-se de Montalegre

O pelotão despede-se de Montalegre nas pedaladas da partida simbólica.

1:07:01

113 corredores na linha de partida

Na linha de partida em Montalegre estão 113 corredores. Dos 115 que terminaram a sexta etapa, dois deles não continuam em prova. São eles Elitot Lietaer (11, WB Aqua Protec Veranclassic) e Matteo Badilatti (25, Israel Cycling Academy).

1:02:32

Raul Alarcón com uma vantagem de 52 segundos sobre Joni Brandão

Raul Alarcón (W52-FC Porto) lidera a Volta com 52 segundos de vantagem sobre Joni Brandão (Sporting-Tavira). Espera-se mais um duelo emocionante entre ambos no final da etapa, a difícil subida para o Santuário de Santa Luzia, feita em estrada de paralelo.  

1:01:21

Portadores das principais camisolas

Eis os portadores das principais camisolas à partida da sétima etapa:
Amarela (Santander, líder da corrida) - Raul Alarcón (W52-FC Porto)
Verde (Rubis, Pontos) - Vicente de Mateos (Aviludo-Louletano)
Azul (Liberty Seguros, Montanha) - Joni Brandão (Sporting-Tavira). O líder desta classificação e Raul Alarcón.
Branca (RTP, JUventude) - Xuban Errazkin (Vito-Feirense-Blackjack).

12:56:05

Resumo da 6ª Etapa

12:54:23

Três metas volantes e duas contagens de montanha

A sétima etapa contém três metas volantes e duas contagens de montanha.
Metas Volantes:
Salamonde (km 59,2)
Vila Verde (km 113,8)
Barroselas (km 143,8)
Contagens de montanha:
Alto de Covide (km 86,5, 3.ª categoria)
Santuário de Santa Luzia (3.ª categoria), a coincidir com o final da etapa.

12:50:36

Na terra de Acácio da Silva

Acácio da Silva, o único ciclista português a vestir a camisola amarela da Volta a França e a camisola rosa da Volta a Itália, é um anfitrião de luxo na partida de Montalegre. O homem nascido na terra foi homenageado antes da largada da etapa, numa cerimónia em que também foi lançado um livro bilingue (português e francês) sobre a carreira de um dos grandes nomes do ciclismo luso.

12:47:01

De Montalegre a Viana do Castelo pelo Gerês

Boa tarde. Dentro de 20 minutos estará em andamento a sétima etapa da 80.ª Volta a Portugal Santander, que liga Montalegre ao Santuário de Santa Luzia, em Viana do Castelo (165,5 quilómetros), atravessando o Gerês aé à beira mar.