5:18:19

Alarcón ataca para o triunfo

Raul Alarcón ataca, ultrapassa David Rodrigues e triunfa no Alto da Senhora da Graça. Terceiro triunfo na prova para o número 1, que reforça a posição cimeira na Volta 2018.

5:15:10

David Rodrigues com 15 segundos a um quilómetro da meta

A 1 km da meta - David Rodrigues tem apenas 15 segundos de vantagem sobre o "quarteto do costume": Alarcón, Brandão, De Mateos e Edgar Pinto.

5:12:50

David Rodrigues resiste

A 2 km da meta apenas David Rodrigues segue isolado, pois o grupo do camisola amarela absorve Jesus del Pino e pedala com 50 segundos de atraso.

5:10:49

Del Pino e grupo de Alarcón aproximam-se da frente da corrida

A 3 km da meta, Jesus del Pino aproxima-se de David Rodrigues (46 segundos), enquanto o grupo de Alarcón já só está a 58 segundos.

5:07:29

Alarcón bem protegido

A 4 km da meta - Raul Alarcón, o líde da corrida, está num grupo de 14 corredores,bem protegido por três companheiros da W52-FC Porto.

5:01:36

Herói da etapa aguenta mas pelotão aproxima-se

A 6 km da meta final - Vantagem de Rodrigues para o duo estabilizada no minuto e meio, mas Jesus del Pino (Efapel) tenta deixar Nathan Earle para trás. Marque é alcançado pelo pelotão, mas Frederico Figueredo é o segundo trunfo do Sporting ao ataque. O grupo dos favoritos já pedala com uma desvantagem inferior a dois minutos (1.50 m).

4:59:16

Marque é o primeiro a mexer

A 8 km da meta, o Sporting-Tavira começa a mexer na frnte do pelotão, com um ataque de Alejandro Marque.

4:53:47

David contra Golias

A 9 km da meta, no início da subida final, David Rodrigues segura vantagem com a qual pode sonhar com a vitória na etapa-rainha: 1.20 minutos para o dueto e 2.48 m para o pelotão, agora liderado pela W52-FC Porto e que entretanto absorve o outro duo.

4:46:32

David Rodrigues ganha última meta volante da Volta

Km 143,7 - Meta volante em Mondim de Basto:

1.º 143  David Rodrigues Radio Popular-Boavista)

2.º 24 - Nathan Earle (Israel Cycling Academy)

3.º 127 - Jesus del Pino (Efapel).

David Rodrigues ganha a última meta volante da Volta, saudado por uma imensa multidão. O primeiro duo passa a 1.34 minutos, o segundo duo segue a 2.40 m e o pelotão, agora liderado pelo Sporting-Tavira, surge com 3.30 m de atraso.

4:41:36

Outros dois corredores ao contra-ataque

Km 138 - Além dos dois perseguidores de Rodrigues, há um outro dueto ao contra-ataque, composto por Daniel Mestre (122, Efapel) e Hugo Sancho (132, Vito-Feirense).

4:33:04

Calor aperta e corrida aquece

A 20 km da meta, a corrida aquece com a pespetiva de David Rodrigues ser alcançado, enquanto os termómetros sobem para 35 graus. Teremos a subida da Senhora da Graça a ser disputada sob forte calor. Enretanto, é anunciado o abandono de Colin Stusi (117, Amore & Vita), devido a queda.

4:30:49

Duo mais próximo de Rodrigues

A 25 km da meta - Duo ganha terreno a David Rodrigues: 1.20 minutos. O pelotão, liderado pela equipa do camisola amarela, roda a 3.30 minutos.

4:22:57

Descida louca de David Rodrigues para Mondim

A 30 km da meta - David Rodrigues desce em grande velocidade para Mondim de Basto, agora com Nathan Earle (24, Israel Cycling Academy) e Jesus del Pino (127, Efapel) na perseguição e a 1.50 minutos. O pelotão passa a 3.25 minutos.

4:10:02

Ordem de passagem na contagem do Barreiro

Ordem de passagem na contagem de montanha do Barreiro (1.ª categoria):

1.º 143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista)

2.º 127 - Jesus del Pino (Efapel)

3.º 24 - Nathan Earle (Israel Cycling Academy)

4.º 132 - Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack)

5.º 105 - David De la Fuente (Aviludo-Louletano).

Os perseguidores reduzem-se a quatro, mas o pelotão, com os portistas à cabeça, já os avista e segue a 2.50 minutos de Rodrigues.

4:05:55

David Rodrigues ganha segunda montanha

Km 114,4 - David Rodrigues passa à frente na difícil contagem de montanha do Barreiro. 

3:40:11

Os seis perseguidores

Km 103 -Eis os seis perseguidores de David Rodrigues, que rodam com com 45 segundos de atraso:

132 - Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack)

127 - Jesus del Pino (Efapel)

66 - Jon Irisarri (Caja Rural)

24 - Nathan Earle (Israel Cycling Academy)

105 - David De la Fuente (Aviludo-Louletano)

41 - Fernando Barcelo (Euskadi-Murias).

3:35:14

Rodrigues isolado perseguido por sexteto

Ordem de passagem:

1.º 143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista)

2.º 132 - Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack)

3.º 127 - Jesus del Pino (Efapel)

4.º 66 - Jon Irisarri (Caja Rural)

5.º 24 - Nathan Earle (Israel Cycling Academy).

David Rodrigues pedala isolado, perseguido por seis corredores, que seguem a 40 segundos. O pelotão está a 3.15 minutos. 

3:31:49

David Rodrigues ganha contagem do Alto da BarraKm

Km 91,9 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista) passa isolado na contagem de montanha do Alto da Barra.

3:16:51

Grupo esfrangalha-se subida acima

Km 88 - O grupo da frente parte-se em subgrupos, quando o pelotão, agora comandado pelos ciclistas do Sporting-Tavira, recupera terreno, colocando-se a dois minutos da cabeça da corrida.

3:04:15

Hugo Sancho ganha vantagem

Km 81 - Hugo Sancho ganha vantagem de 25 segundos, quando no grupo também ataca Nathan Earle (24, Israel Cycling Academy). Para trás fica Alexis Moya (56, Team Ecuador).

2:39:38

Hugo Sancho ao ataque no início da subida

Km 79 - No início da subida para o Alto da Barra, ataca Hugo Sancho (Vito-Feirense). Nesta fase,o pelotão segue a 2.50 minutos dos fugitivos.

2:33:18

Quase três minutos na primeira passagem por Mndim

Km 67,7 - Na primeira passagem por Mondim de Basto, o grupo de 14 segue com uma vantagem de 2.55 minutos. O grupo também conta com dois corredores da Aqua Protect.

2:26:04

Filipe Cardoso ganha segunda meta meta volante

Km 63,4 - Meta volante em Vila de Fermil de Basto:

1.º 146 - Filipe Cardoso (Radio Popular-Boavista)

2.º 132 - Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack)

3.º 17 - Thomas Deruette (Aqua Protect).

O pelotão, comandado pelos corredores da W52-FC Porto, passa com três minutos de atraso.

2:16:30

Vantagem de três minutos em Celorico de Basto

Km 58 - Na entrada de Celorico de Basto, depois dos fugitivos terem avistado pela primeira vez o Monte Farinha, a vantagem é de três minutos. 

2:04:02

Dois axadrezados na fuga

Km 45 - Grupo de 14 com 2.50 minutos de vantagem sobre o pelotão. Integra dois corredores da Radio Popular-Boavista, Filipe Cardoso e David Rodrigues. 

1:59:19

Primeira hora atingida

Km 40,5 - Primeira hora atingida. Corrida embom ritmo. Entretanto, é anunciada a desistência de Paulo Silva (185, LA Aluminios), corredor que tinha estado em destaque na oitava etapa.

1:52:35

Grupo da frente ganha mais um elemento

Km 32 - São agora 14 os homens na frente, pois o corredor 16 - Christophe Masson (Aqua Protect), que pedalou muito tempo em posição intermédia, consegue juntar-se ao grupo. Nesta altura, o pelotão segue com um atraso de três minutos.

1:49:03

Meta Volante - Lixa

Meta Volante - Lixa (Km 28,3)

1º. 77 - Fredrik Ludvigson (Team COOP)

2º. 66 - Jon Irisarri (Caja Rural)

3º. 105 - David de La Fuente (Aviludo - Louletano)

À passagem pela meta volante, o grupo de 13 fugitivos rola com vantagem de 3m10s para o pelotão.

1:35:38

Líder da corrida sofre furo

Km 27 - Raul Alarcón fura, mas consegue retomar o grande grupo.

1:33:28

Treze corredores na frente

Km 25 - Treze na frente com um minuto e meio de vantagem sobre o pelotão. São eles:

17 - Thomas Deruette (WB Aqua Protec Veranclassic)
24 - Nathan Earle (Israel Cycling Academy)
41 - Fernando Barcelo (Euskadi-Murias)
44 - Sergio Samitier (Euskadi-Murias)
56 - Alexis Moya (Team Ecuador)
66 - Jon Irisarri (Caja Rural)
77 - Fredrik Ludvigsson (Team Coop)
105 - David De la Fuente (Aviludo-Louletano)
127 - Jesus del Pino (Efapel)
132 - Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack)
143 - David Rodrigues (Radio Popular-Boavista)
146 - Filipe Cardoso (Radio Popular-Boavista)
164 - Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua).

 

1:17:29

De novo em Felgueiras

Km 19,1 - Caravana passa de novo em Felgueiras e no local da partida simbólica com um grupo de 13 corredores na rente, com meio minuto de vantagem sobre o pelotão.

1:12:13

Iniciativa anulada

Km 12 - Os primeiros aventureiros da etapa não vão muito longe e são alcançados pelo pelotão.

12:58:45

Doze ao ataque nos primeiros quilómetros

Km 7 - Início de tirada rápido e animado. Um grupo de 12 corredores forma-se na frente e já leva 25 segundos de vantagem.

12:50:49

Começaram as pedaladas a sério

Km 0 - Agora é a doer. Acaba de ser dada a partida real da nona etapa da Volta 2018, que liga Felgueiras ao Alto da Senhora da Graça (Mondim de Basto), na distância de 155,2 quilómetros. Alinharam 111 corredores. Não partiu o norueguês Trond Trondsen (76, Team Coop).

12:48:43

Muito por decidir

Antes da montanhosa nona etapa, a Volta ainda tem muito por decidir. Raul Alarcón tem a camisola amarela, mas a vantagem do líder é escassa. O espanhol da W52-FC Porto tem 52 segundos de vantagem sobre Joni BRandão (Sporting-Tavira) e 1.41 minutos sobre Vicente de Mateos (Aviludo-Louletano).

12:47:45

Portadores das principais camisolas

Eis os portadores das principais camisolas:
Amarela (Santander, líder da corrida) - Raul Alarcón (W52-FC Porto)
Verde (Rubis, Pontos) - Vicente de Mateos (Aviludo-Louletano)
Azul (Liberty Seguros, Montanha) - Joni Brandão (Sporting-Tavira).
Branca (RTP, JUventude) - Xuban Errazkin (Vito-Feirense-Blackjack).

12:46:46

As três últimas metas volantes

Como a 10.ª e última etapa é um contrarrelógio, a nona etapa tem as últimas metas volantes da Volta 2018:
Lixa (km 28,3)
Vila de Fernial de Basto (km 63,4)
Mondim de Basto (km 143,7).

12:45:54

Três contagens de montanha de primeira categoria

A difícil etapa integra três contagens de montanha de primeira categoria, que poderão ser decisivas para o desfecho da corrida. São elas:
Alto da Barra (km 91,4)
Barreiro (km 114,4)
Alto da Senhora da Graça (km 155,2, a coincidir com o final da etapa).

12:44:50

Pelotão em movimento

A caravana já está em movimento nas pedaladas de consagração em Felgueiras.

12:43:47

Etapa rainha com final mítico

Boa tarde. Bem-vindos ao filme da nona tirada da 80.ª Volta a Portugal Santander. Está prestes a ser dada a partida simbólica daquela que será a etapa rainha da prova, que ligará Felgueiras ao Alto da Senhora da Graça (Mondim de Basto), na distância de 155,2 quilómetros e com o final mais emblemático do ciclismo luso.